Adroaldo, o papagaio

Quando o cachorrinho morreu, companheiro de muitos e muitos anos, o mundo desabou. Ali, todos choraram – e muito. O papagaio verteu umas lágrimas, emudeceu por vários dias, não queria saber de seu ninguém.  Aliás, ali, ninguém queria saber mais de seu ninguém.

Ante a dor generalizada, todos – pai, mãe, filhos e a empregada – fizeram juramento público: “Não queremos mais criação. A gente se apega demais, sofre demais, melhor não ter mais bicho em casa. O papagaio é o último. Acabou.”

Com o tempo, a rotina retomou seu leito maçante. Pai e mãe voltaram a caminhar no parque e a se sentar no banco pra assuntar bobagens. Os filhos não tinham mais como não cuidar de si, da vida, das obrigações. A empregada retomou a cantoria, com a voz medonha que Deus lhe deu. O papagaio, embora saudoso do cão amigo, voltou a imprecar contra tudo e todos que habitam a terra do sol. Era sua forma de driblar a dor.

Num dia que não era tão belo assim, pai e mãe no parque, sentados assuntando bobagens, assistiam ao desfile dos contentes com seus cachorrinhos de estimação. Viram um pobre diabo abandonado. Pai e mãe se entreolharam. E disseram em uníssono: “Nem pensar, juramos que não”. O coração mole da mãe resolveu dar um biscoito ao largado. O coração bobo do pai falou mais alto: “Bolacha sem água, com um calor desses, não pode ser”. E lá veio um copinho d’água.

Já não eram mais dois.

Voltaram pra casa. Abriram o portão. E o papagaio não se conteve:

— Seja bem vindo, Totó.

 

orlando3Orlando Silveira orlandosilveira@uol.com.br

Blog: http://orlandosilveira1956.blogspot.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s