Conversa de ônibus: uma história de amor

Impossível não ouvir, que bom ouvir!

Quase duas horas de viagem, eles não paravam de conversar conversa deliciosa, nos bancos de trás. Eles comentavam a paisagem, as notícias do dia, falavam – lúcidos, serenos, apaixonados – sobre tudo. Tinham, salvo engano desse contador de boteco, 190 anos de amor.

Melhor tirar os óculos para perto, fechar o livro: hora de aprender.

Lá pelas tantas, ele disse:

— Acordei duas e meia, pensei em chamar você, resolvi não incomodá-la.

E ela lhe disse, feliz da silva:

— Bobagem. Você nunca incomoda.

 

Orlando Silveira orlandosilveira@uol.com.brorlando3

Blog: http://orlandosilveira1956.blogspot.com.br/

2 pensamentos sobre “Conversa de ônibus: uma história de amor

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s